quarta-feira, novembro 07, 2012

OBAMANIA

 Os Jornalistas  portugueses estão todos contentes. Viram ganhar o candidato que apoiaram de forma descarada nas duas ultimas semanas. Agora que a esquerda ganhou na América ficam com a certeza de que a paz em todo o mundo será uma realidade, que Guantanamo vai, finalmente, fechar e que os americanos passam a ser uns gajos internacionalmente porreiros.
Do meu ponto de vista a América vai continuar a ser exactamente o que sempre foi  na cena internacional - egoísta, arrogante e oportunista - independentemente da cor política do Presidente em funções.
Obama foi novamente eleito pela cor da pele, numa esperança ingénua de que esse estigma de pobreza pudesse fazer dele um Presidente diferente.
Mas Obama vai ficar na história da Humanidade apenas por três razões: Por ser preto, sem que isso tenha aquecido ou arrefecido, por ter criado a maior dívida pública de sempre  estrangulando a classe média americana e por estar casado com um  volumoso cú.

Etiquetas:

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Não se deve deixar de votar num preto, só porque ele é preto. Não se deve votar num preto, só porque ele é preto.

14:20  
Anonymous NC said...

Sem tomar partido, por falta de conhecimentos suficientes daquilo que diferencia ambos, parece-me contudo que seria muito pouco prestigiante para uma potência como os USA que alguém que protagonizou diversas bacoradas inacreditáveis, de que é exemplo o desconhecimento de que as janelas dos aviões não abrem, pudesse ser eleito presidente... Para além da defesa pelo cavalheiro em causa de, para mim, perfeitas bestialidades como a negação do direito ao aborto a vítimas de violação. Fosse eu americano e bastava isto para não votar nele.

23:24  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home